REDES SOCIAIS TERÃO FORÇA NA ELEIÇÃO MUNICIPAL

O WhatsApp deve ter grande força na eleição municipal de 2.020, a exemplo do que ocorreu na disputa presidencial.

Em Garanhuns, a rede social vem sendo usada pelos políticos, a começar pelo prefeito Izaías Régis, o vice Haroldo Vicente, o deputado estadual Sivaldo Albino, o empresário e pré-candidato Givaldo Calado e o representante do PC do B, Luizinho Roldão.

Este último é craque no uso das redes sociais, usando com maestria o Facebook e o WhatsApp.

Na última pesquisa de opinião pública divulgada na cidade aparece com 6,5% das intenções de voto para prefeito e seu nome se torna conhecido a cada dia sobretudo pela utilização regular da internet.

Nos municípios pequenos da região o WhatsApp e o Facebook também se tornaram indispensáveis.

Em Capoeiras, por exemplo o comerciante Luiz Claudino, pré-candidato à prefeitura, criou no zap o grupo Dudu 22, que tem um expressivo número de seguidores.

Exemplo foi seguido por Márcio de Major, pré-candidato a vereador, que está divulgando suas ideias através de um grupo de amigos reunidos na rede social.

Para realizar uma reunião ou comício, muitas vezes com despesa alta, o político só consegue juntar milhares de pessoas com muito esforço.

Uma publicação de interesse, num blog ou rede social, pode chegar a centenas de internautas rapidamente.

As redes sociais viraram um “bom negócio” na política e vieram para ficar.

 

Roberto Almeida.