Protestos afetam trânsito em estradas federais de Pernambuco e em avenidas no Recife

Nesta sexta-feira (30), dia paralisação nacional convocada por centrais sindicais em todo o Brasil, afeta a circulação do metrô e dos ônibus na Região Metropolitana do Recife (RMR). Protestos também prejudicaram, no começo da manhã, a circulação de carros em rodovias do estado e avenidas do Recife.

Alguns motoristas e cobradores paralisaram coletivos na Avenida Guararapes, Conde da Boa Vista e Ponte Duarte Coelho, região central da capital pernambucana. De acordo com a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), os ônibus estão parados nesta área central da capital pernambucana desde as 6h30. No local, há um protesto em frente aos coletivos, mas a quantidade de pessoas não foi informada.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que o Metrô do Recife funciona em esquema especial, nesta sexta-feira (30), por causa da paralisação-geral. A Linha Centro funcionou das 5h às 9h e está paralisada. Os trens voltam a rodar das 16h às 20h, horário de pico do sistema. Linhas especiais de ônibus circulam para atender quem depende do metrô.

Diversos ônibus foram estacionados na Avenida Conde da Boa Vista, na região central do Recife, nesta sexta-feira (30) (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

Diversos ônibus foram estacionados na Avenida Conde da Boa Vista, na região central do Recife, nesta sexta-feira (30) (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi montado um bloqueio na BR-101 Sul, em Jaboatão dos Guararapes, na RMR, perto da fábrica da Coca-Cola. No quilômetro 83,5 da rodovia, os veículos estavam passando pelo acostamento, por volta das 6h. Por volta das 11h, o trânsito já havia sido normalizado.

Fonte: G1