Nos pênaltis, Croácia elimina Rússia e volta às semifinais após 20 anos

Croácia e Rússia entraram em campo neste sábado para decidir a última vaga das semifinais do Mundial e o empate prevaleceu no placar. Após 1 a 1 no tempo normal, Vida marcou na prorrogação, para a Croácia, e Mario Fernandes deixou tudo igual para os russos. Nos pênaltis, a Croácia levou a melhor. Por 4 a 2. O brasileiro que marcou para a Rússia, acabou sendo um dos que erraram a cobrança.

As vagas na grande final serão decididas na próxima semana. França e Bélgica jogam na terça, Croácia e Inglaterra na quarta. A decisão será domingo, em Moscou.

O técnico croata escalou sua seleção com Subasic, Vrsaljko, Strinic, Lovren e Vida; Raktic, Modric, Perisic e Kramaric; Mandzukic e Rebic.

Os donos da casa, treinados por Stanislav Chershesov, vão a campo com Akinfeev, Mario Fernandes, Kutepov e Ignashevich e Kudriashov; Cheryshev, Kuziaev, Zobnin e Golovin; Samedov e Dzyuba.

Vale ressaltar que a partida teve o brasileiro Sandro Meira Ricci como árbitro principal.

Edição: Robson Ouro Preto