Hélio Guabiraba critica presidente do Comdica

O vereador Hélio Guabiraba rebateu as críticas da presidente do Conselho Municipal de Defesa e Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), Ana Farias, que questionou os motivos para Hélio não comparecer às reuniões do respectivo Conselho.

Em resposta, Hélio Guabiraba explicou porquê se afastou do Comdica. “Tenho compromisso com o povo recifense e sei muito bem o meu papel como vereador do Recife e quero deixar claro que participei de várias reuniões do Comdica até, infelizmente, perceber que esse é um Conselho que não se chega a um acordo para proteger as crianças e os adolescentes”.

Hélio disparou. “O Comdica está sendo conduzido de uma forma autoritária e não consegue organizar nem uma eleição para a escolha dos conselheiros tutelares quanto mais proteger as crianças e os adolescentes”, disparou.

A eleição para o Conselho Tutelar está sendo alvo de muitas polêmicas. Na capital pernambucana, houve problemas na votação como atrasos de até cinco horas nos colégios eleitorais. Ontem, na tribuna, Hélio Guabiraba falou sobre o assunto, o que teria desgostado a presidente do Comdica.

“Não poderia deixar de falar sobre a eleição para o Conselho Tutelar, que causou muitos transtornos. Eu, como eleitor de Casa Amarela, também me dirigi ao Colégio Pedro Alcântara, lá no Córrego do Jenipapo, para exercer o meu direito como cidadão e votar na conselheira tutelar que eu estou querendo eleger naquela comunidade. Cheguei pela manhã para votar e não pude votar. Um tumulto danado de gente, as urnas eletrônicas não funcionavam e tiveram que trocar para cédulas. Eu acabei indo embora e voltei depois do almoço. Isso não ocorreu só na escola que eu votei, isso ocorreu em todo o Recife. Um verdadeiro absurdo. Teve escola que abriu às 11h para votação. E aí. E essa responsabilidade fica com quem?”, questionou.

Na tribuna, Hélio chegou a falar sobre o Comdica. “Faz seis meses que eu não participo das reuniões. Eu não faltava, mas existem algumas coisas que eu não concordo como representante legal desta Casa e preferi me afastar. Hoje eu venho, oficialmente, dizer ao presidente desta Casa que estamos preparando um ofício pedindo a minha substituição no Conselho. Eu não posso compartilhar com algumas coisas que estão acontecendo com a falta de organização e falta de comando”, finalizou.