Guia da Série A2 do PE: Araújo, “Pior Time do Mundo” e gringos lutam pelo acesso

Só uma equipe vai garantir vaga na primeira divisão (Foto: Infografia)
Só uma equipe vai garantir vaga na primeira divisão (Foto: Infografia)

A espera pelo futebol raiz acabou. Vai começar a Série A2 Campeonato Pernambucano 2017. Dez equipes divididas em dois grupos regionalizados vão brigar pela vaga única na primeira divisão do Estadual em 2018.

De um lado, Vera Cruz, Íbis, Cabense, Centro Limoeirense e Ferroviário no Grupo A. Do outro, Porto, Chã Grande, Decisão, Pesqueira e Sete de Setembro, na Chave B. Os dez times lutam por oito vagas na próxima fase.

CONFIRA A TABELA DA SÉRIE A2 DO PERNAMBUCANO

Os quatro melhores classificados de cada chave passam para a segunda fase e jogam no sistema mata-mata em partidas de ida e volta. Os vencedores garantem vaga nas semifinais. Quem passar, vai para a disputa do título e do acesso.

Após terminar na sexta colocação do Estadual em 2016, a Associação Desportiva Cabense quer mais na edição deste ano. De acordo com o gestor de futebol, Augusto Fernandes (irmão de Roberto Fernandes), o grupo está sendo montado mesclando experiência e juventude. Igor Neves (ex-Náutico), Matheus Rosa (ex-Salgueiro), Edson (artilheiro do sub-20 pelo Náutico), Rodrigo Carvalho (ex-Náutico, Santo André e Portuguesa), Philco (ex-Santa Cruz, Braga-POR e Atlético-PR), Pedro Maycon (artilheiro da A2 em 2015 pelo Belo Jardim) e Rafinha (ex-Vera Cruz) são alguns dos jogadores do Azulão do Cabo.

Mascote: Pássaro Azulão
Técnico: Carlos Júnior
Estádio: Gileno de Carli – 5.000 torcedores
Destaque: O “Mago da Bola” Rosembrick está de volta ao futebol pernambucano. Com passagens por clubes como Santa Cruz, Sport e Palmeiras, o meia de 38 anos quer voltar a fazer magia nos gramados.
Pitaco do GE: Vai brigar!

Fonte: GE

Edição: Geibson Almeida