Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Grupo Patusco promove grande LIVE

Publicado

em

FOTO DIVULGAÇÃO- PATUSCO

O Patusco fará um grande Live na tarde do dia 04 de outubro, mas o local não será divulgado pelo grupo, por motivo de segurança e protocolos de saúde. Mas, garante que será em Pernambuco e que vão atender a todos os protocolos sanitários.

Será a primeira grande Live do grupo. A transmissão será pelo canal oficial do YouTube da banda Patusco.

Em breve, a banda vai divulgar mais detalhes sobre as participações especiais que terão na Live.

 

 

Breve histórico do Patusco

 

A banda Patusco surgiu como uma brincadeira para comemorar o final da Copa do Mundo de 2002, no antigo Acústico Pub em Olinda. “Na época selecionamos cerca de 40 integrantes da bateria do bloco e juntamos esses músicos para realizar o projeto daquela casa. A ideia deu certo e o produtor da casa propôs fazer um ensaio do Patusco todos os domingos. A partir daí começou a surgir propostas das casas noturnas do Recife e das produtoras de shows, então, reduzimos a bateria (que sai no carnaval com 120 integrantes) para 25 integrantes e formamos a banda Patusco para atender à demanda de shows durante todo o ano”, diz Henrique Guimarães, diretor do bloco Patusco e líder da banda.

A banda Patusco é um projeto paralelo ao bloco e, fez tanto sucesso, que não parou mais de crescer, solidificando-se no cenário musical pernambucano e até nacional. A banda se apresenta semanalmente nas principais casas de show e eventos do Nordeste e Sudeste do país. A banda é formada por 16 integrantes, sob o comando dos vocalistas Paulista e Marquinhos, somando-se à harmonia (Cavaco e Violão) e a sua famosa bateria contagiante (com Surdo, Repique, Caixa, Maraca e Tamborim).

 

O BLOCO

A história do surgimento do Grupo Anárquico Místico Carnavalesco Patusco se confunde com a do carnaval de Olinda, e tudo foi graças ao carnavalesco “Tuca”. Natural de Olinda, Itacy Vasconcelos Guimarães (Tuca), filho de Maria de Lourdes Vasconcelos Guimarães e Antonino da Silva Matos Peixoto Guimarães, casado e pai de cinco filhos, ainda quando criança era levado pela sua mãe para assistir as festas de momo do Recife*. Muitas vezes pelo fascínio que o carnaval lhe provocava, ele dava umas escapadas para acompanhar os blocos de sujo e as “La Ursa”, que pelo seu colorido e irreverência já encantava o pequeno.

 

Continue Reading
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *