Esboços de “O Pequeno Príncipe” são achados após 30 anos guardados na Suíça

Foto: Handout/Stiftung für Kunst, Kultur und G/AFP

Por: AFP

Esboços do livro “O Pequeno Príncipe”, realizados pelo autor Antoine de Saint-Exupéry, foram encontrados em uma antiga construção no norte da Suíça, guardados por um magnata imobiliário entre dezenas de milhares de obras de arte.

Adquiridos há mais de 30 anos em um leilão na Suíça, os esboços estavam dentro de uma pasta de papelão e em ótimo estado, disse nesta quinta-feira à AFP Elisabeth Grossmann, conservadora da Fundação para a Arte, a Cultura e a História de Winterthour (cantão de Zurique).

A pasta continha três desenhos ligados ao “Pequeno Príncipe”, notas manuscritas sobre o livro, um poema ilustrado com um pequeno desenho e uma carta de amor para Consuelo, mulher de Saint-Exupéry.

O colecionador de Zurique Bruno Stefanini, falecido em dezembro de 2018 aos 94 anos, comprou os esboços em um leilão realizado em 1986, em Bevaix.

Proprietário de uma das maiores coleções de arte da Suíça, Stefanini criou em 1980 a Fundação em Winterthour para administrar seu patrimônio.

SAINT-EXUPÉRY

“O Pequeno Príncipe”, escrito por Saint-Exupéry durante a guerra e ilustrado com suas próprias aquarelas, foi publicado em 1943 em Nova York, e em 1946 na França, após a morte do aviador, abatido em 31 de julho de 1944 sobre a costa de Marselha.