Nos siga nas redes sociais

Política

Eduardo da Fonte e mais de 150 entidades civis defendem o Renda Básica e a extensão do auxílio emergencial até dezembro

Dep. Fed. Eduardo da Fonte (PP/PE)

Publicado

em

Dep. Fed. Eduardo da Fonte (PP/PE)

Mais de 150 entidades da sociedade civil assinaram um abaixo assinado pedindo o pagamento dos R$ 600 do auxílio emergencial até dezembro. Na manhã desta sexta-feira, o painel de assinaturas marcava mais de 120 mil assinaturas de pessoas favoráveis ao projeto. O deputado federal Eduardo da Fonte (PP/PE) já protocolou dois projetos de lei que atendem ao pleito. O PL 2550/20 estende o pagamento do auxílio emergencial até 31 de dezembro, já o PL 3023/20 cria um programa social com o pagamento mensal e permanente de R$ 600. Diversos países adotaram medidas semelhantes para dar dignidade e garantir uma renda mínima para a população.

Nesta semana, o governo federal sinalizou que deve prorrogar o auxílio. Parlamentares também se manifestaram favoráveis ao projeto. Eduardo da Fonte já reuniu uma ampla frente política que apoia a extensão do benefício, pelo menos 273 deputados federais são favoráveis ao projeto do parlamentar que prorroga o pagamento do auxílio emergencial.

“Nós, juntamente com a sociedade, defendemos o auxílio emergencial e estamos nos mobilizando para manter o pagamento até o fim do ano. Também queremos criar o Renda Básica para ajudar as pessoas mesmo após o fim da pandemia. O benefício está garantindo a sobrevivência para milhões de famílias que tiveram sua renda comprometida por causa do coronavírus. Precisamos garantir a segurança econômica dessas pessoas”, afirmou Eduardo da Fonte
.