Ações de prevenção ao suicídio não podem ficar restritas ao mês de setembro

Devido à campanha “Setembro Amarelo”, um dos assuntos mais discutidos no Brasil no mês passado foi a prevenção ao suicídio. Prefeituras de todo o País, inclusive de Cabrobó e região, desenvolveram diversas ações sobre a importância de evitar que as pessoas percam a luta contra a depressão. Infelizmente, o tema arrefeceu com a chegada de outubro, que trouxe outra campanha: Outubro Rosa.

É muito importante que os órgãos públicos, principalmente prefeituras, executem ações permanentes de prevenção ao suicídio, que infelizmente é uma triste realidade em nossa região. Anualmente, dezenas de pessoas tiram suas próprias vidas no Sertão pernambucano, mas os casos não são amplamente divulgados. É preciso ampliar as discussões sobre esse tema, só assim vamos evitar que muitas vidas sejam ceifadas de forma precoce.

Considerando que, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o suicídio é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos no mundo, atrás apenas do trânsito, não faz sentido as prefeituras intensificarem ações de prevenção ao suicídio somente em um mês do ano. Os órgãos devem manter-se vigilantes e sempre atentos para ajudar pessoas que não querem tirar a vida, mas apenas eliminar a dor da depressão.

Didi Galvão / Texto Chico Gomes