Como de fato iniciou o #SeguraAOnda

“Aqueles que dormem enquanto você se dedica, vão dizer que foi sorte!” Ou que foi bariatrica. Cirurgia plástica então? Milagre divino, será?

“Aqueles que dormem enquanto você se dedica, vão dizer que foi sorte!” Ou que foi bariatrica. Cirurgia plástica então? Milagre divino, será?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Muita gente nova por aqui, então resolvi (re)contar um pouco da minha trajetória e como tudo isso aqui começou, belê?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Cresci gordinha. Aos 20 anos tinha imc 47, obesidade mórbida, pressão alta com picos de parar na emergência as vezes. Fora isso? O sorriso era o mesmo. Porém, decidi me submeter a gastroplastia e mudar minha vida, corri com todos os exames e estava totalmente apta e cheia de indicações para tal. Bariatrica by pass por vídeo feita pelo pleno de saúde, tudo incluso, não tinha do que reclamar.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Com 3 dias de operada, foi detectado uma infecção no meu organismo e me submeti a outra cirurgia, também por vídeo, para “abrir-lavar-aspirar-medicar” bem no foco. Com 15 dias tive alta, já sai na dieta pastosa. Com um mês eliminei 20kg, um ano 50kg off. VIDA NOVA!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Pois bem, não havia mudado totalmente os meus hábitos alimentares e de treinos. Com 5 anos já havia recuperado 20 dos quilos que a gastro levo. MAS COMO ASSIM? 😱
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Não é milagre, não tem segredo. Iniciei o combo: TREINO + DIETA = 25kg eliminados e cheguei no meu resultado final para cirurgias plásticas reparadoras.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Eliminei 1,2kg DE PELE, não fiz lipo, da barriga e braços. AGORA SIM, VIDA NOVA!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Eis que hoje, passados cerca de 12 anos que iniciei todo o processo, eu volto a dizer: minha luta é diária, tenho muita tendência para ganhar tudo novamente. Minha genética pede, minha família é obesa.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Coloquei sílica natural com medo de me sentir “gorda”, o trauma é pessoal e não alheio. Não ligo pra nada e nem ninguém, apenas o que acho certo sabe? Com isso passei a ser mais feliz!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Enfrentei o caos da cozinha e passei a fazer minhas próprias refeições ou aprendi o que comer “por aí”. Meu cérebro pede fast-food. Eu amo coca zero. Chocolate então?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Mas a vida é exatamente assim, uma gangorra. E infelizmente enquanto estamos lutando para alcançar o nosso objetivo pessoal, vão ter inúmeras pessoas criticando. Mas e a gente? NEM LIGA, PORQUE NÃO SOMOS OBRIGADOS A NADA NÉ?