Serra: novo presidente da Câmara quer desenterrar projeto do fim de recesso junino

Depois de assumir a Câmara de Vereadores de Serra Talhada, o petista Manoel Enfermeiro promete que vai colocar pra andar projetos engavetados em gestões anteriores.

Um deles, o que põe fim ao recesso de meio de ano na casa, proposto em 2015, pelo então vereador Marcos Oliveira, mas que foi engavetado pelo então presidente Agenor Melo, com apoio de pares à época. Dorme na casa sem ter sido desengavetado por Nailson Gomes em seus dois mandatos.

A proposta é simples e tem adesão popular: propõe que o vereador serra-talhadense tenha 30 dias de férias como os outros mortais, e não 60, como é hoje, isso sem considerar a atividade restrita a uma sessão por semana em média, como nas demais casas do Pajeú.