Operação contra pedofilia prende mais de 100 pessoas em todo país

A maior operação de combate à pornografia infantil do país prendeu mais de 100 pessoas no país até as 8h30 desta quinta-feira (17), de acordo com o Ministério Extraordinário da Segurança Pública. São cumpridos 578 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em 24 estados.

A ação nacional intitulada Luz da Infância 2 é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública e realizada pelas polícias civis de cada estado. Ao todo, 2,6 mil policiais de todo o país fazem apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. Suspeitos também estão sendo detidos em flagrante.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais. A operação é realizada às vésperas do Dia Nacional de Combate à Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Mandados e prisões:

Rio de Janeiro: 8 pessoas haviam sido presas, na Baixada e no interior. Um homem foi pego no Maracanã, na Zona Norte do Rio. Agentes encontraram imagens de crianças no computador dele. São 65 mandados a cumprir no estado.

Rio Grande do Sul: Sete pessoas haviam sido presas até as 8h. São cumpridos 43 mandados de busca e apreensão em 23 cidades gaúchas.

Alagoas: Três pessoas haviam sido presas até as 8h – duas na capital e um em Rio Largo.

Mato Grosso do Sul: Quatro pessoas já tinham sido presas em flagrante até as 7h50.

São Paulo: Dez pessoas foram detidas até as 8h. São cumpridos 166 mandados de busca e apreensão, 95 só na capital e região metropolitana.

Pernambuco: Foram expedidos 13 mandados de busca e apreensão em residências e estabelecimentos comerciais. Na capital pernambucana, a ação conta com 110 policiais.

Paraíba: Polícia cumpre três mandados em João Pessoa, um em Campina Grande e um mandado na cidade de Remígio, no Agreste paraibano.

Santa Catarina: A polícia cumpre 35 mandados de busca e apreensão em 15 cidades catarinenses.

Bahia: 26 mandados, em Salvador e algumas cidades da Região Metropolitana e interior do estado

Brasília: duas pessoas foram presas. No DF, alvos e objetos apreendidos estão sendo levados à Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente.

Edição:Robson Ouro Preto