Mãe de bebê que foi espancada até a morte pelo pai é presa

Foto: Reprodução/Google Street View
Foto: Reprodução/Google Street View

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (21), a mãe da bebê da menina de cinco meses que foi espancada até a morte pelo próprio pai. De acordo o Conselho Tutelar da cidade, a mãe da vítima contou que o marido, Augusto Silva da Cruz, de 23 anos, assassinou a filha, Debora Maria Sales da Silva, por não aceitar o fato de a criança ter nascido menina.

Segundo o delegado Diogo Santiago, o homem acusou a companheira de maltratar a criança. A acusação foi feita após ele ter sido preso em flagrante, na sexta-feira (17). Augusto da Cruz foi autuado por homicídio e está no Centro de Triagem e Observação Criminológica Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima.

A prisão de Silvânia Maria Viana ocorreu em cumprimento de um mandado expedido pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), segundo a polícia. O delegado disse que a acusação feita por Augusto reforça informações coletadas pela polícia contra Silvânia.

A criança morreu no dia em que a mãe completou 25 anos. A mulher deve seguir para a Colônia Penal Feminina do Recife, na Zona Oeste da cidade. Ainda de acordo com Santiago, a mulher já tinha perdido a guarda de dois outros filhos por maltratar as crianças. “Isso engrossa a versão contada pelo pai”, afirma o delegado.