Lei de Diretrizes Orçamentárias foi apresentada na Câmara de Vereadores

fotos: Aquilles Soares

Projeto foi exposto em audiência pública realizada nesta segunda-feira (27)

Após uma série de audiências realizadas no mês de julho, quando foram apresentados os dados fiscais para a discussão e elaboração da Lei de Orçamentária Anual (LOA), foi exposto, nesta segunda-feira (27), na Câmara de Vereadores de Garanhuns, o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (020/2018). Na ocasião, foram detalhados todos os pontos do documento, que será votado até esta quinta-feira (30) pelos integrantes do Poder Legislativo.

fotos: Aquilles Soares

Na oportunidade, o projeto de lei para o exercício financeiro de 2019 foi apresentado pela equipe da Secretaria de Planejamento; sendo inicialmente abordado pela diretora de Orçamento, Karla Muniz Cabral; com o auxílio de Jair Pessoa, que na ocasião representou a empresa responsável pelo assessoramento contábil do município. Para o ano seguinte, a previsão de orçamento, entre receitas e despesas, é de 362 milhões; a ser dividido, entre as prioridades e metas das secretarias. O Poder Executivo tem ainda, até o dia 5 de setembro para sancionar a lei.

Também estiveram na reunião o controlador geral do município, Glauco Brasileiro, que na ocasião representou o prefeito Izaías Régis, os secretários de Infraestrutura, José Gundes; e Planejamento e Gestão, Carlos Carvalho, e representantes das demais secretarias que integram o Governo Municipal, dos conselhos municipais, e da sociedade civil. Entre os vereadores presentes estiveram Ary Souto, Zaqueu Naum, Audálio Ramos, Luzia Cordeiro, Givanildo da Silva (Gil PM).

fotos: Aquilles Soares

Em seguida, os participantes puderam esclarecer suas dúvidas, além de fazer considerações importantes para o desenvolvimento do processo. “Esta é uma das três peças fundamentais do orçamento, ao lado do Plano Plurianual e da Lei Orçamentária Anual. Dentro do âmbito geral, a LDO norteia o planejamento orçamentário do município para o ano seguinte”, destacou o titular de Planejamento e Gestão, Carlos Carvalho.