Design Thinking ganha espaço e inova na economia local

Eduarda Andrade.

Nos últimos meses cerca de 500 profissionais foram capacitados no Nordeste

Desenvolvido como uma proposta para resolver problemas de forma inovadora, o Design Thinking está ganhando cada vez mais espaço no mercado nordestino. Desde a inauguração do curso Design Thinking Bootcamp, promovido pela empresa recifense Trampolim Academy, foram formados cerca de 500 profissionais em cidades como Fortaleza, Salvador, Maceió, Aracaju e João Pessoa.

No próximo final de semana, o Amcham Recife sediará a 4ª edição do curso na capital pernambucana. Ao todo, serão 54h em uma experiência imersiva para aprender na prática os processos, ferramentas e técnicas cujo o objetivo é desenvolver um projeto do zero. Estratégias de Desk Research, Modelagem de Desafio, Matriz de Alinhamento, Entrevista em Profundidade, Mapa da Empatia, Dot Voting, Mural de Possibilidades, Prototipação Interativa e Validação com Five Act Interview ou Wizard of Oz, serão alguns dos métodos aplicados durante as oficinas.

Segundo o CEO & Fundador da Trampolim, André Diniz, a dinâmica busca por pessoas curiosas que tenham o desejo de encarar problemas e desafios. “Precisa ser alguém que quer criar produtos, serviços diferentes e inovadores. É uma abordagem capaz de ajudar a desenvolver as habilidades do século 21”, afirma. Pensamento crítico, capacidade para solucionar problemas complexos, coordenação ao lado de outras pessoas, julgamento e tomada de decisão, orientação a serviço, flexibilidade cognitiva, entre outros, fazem parte das características para obter um bom desempenho.

Quanto a aplicação desses conhecimentos no mercado de trabalho, ele reforça a necessidade de saber solucionar desafios. Segundo o especialista, a técnica consiste em uma metodologia estruturada para guiar resoluções. “Dentro de uma empresa, se o fluxo de um serviço não funciona muito bem, você pode usar o design thinking. O mesmo se aplica a gestão de pessoas, caso os colaboradores apresentem problemas com criatividade e soluções inovadoras, nossas técnicas podem quebrar estas barreiras”.

Já para quem não está fixo há uma empresa, mas carrega diversas ideias que não consegue tirar do papel, o design thinking consiste na criação de um negócio 100% focado nas necessidades do cliente. Segundo André, os empreendedores que desejam inovar no mercado devem estar atentos aos processos, evitando cair em ações imediatas. “No Design Thinking, temos uma etapa inicial de Empatia. Então o que acontece na prática, é que a primeira coisa que fazemos, antes de pensar em qualquer solução, é imergir para se conectar com o seu público-alvo, é criar empatia com ele para você começar a entender as dores, frustrações e desafios em profundidade. Quanto mais você se conecta com as pessoas, entenderá seus desafios e ficará propício a resolver o problemas depois”, finalizou.

Para esta edição o curso contará com 30 vagas, no valor de R$ 519. Os interessados podem inscrever-se através do site https://www.eventbrite.com.br/e/design-thinking-bootcamp-registration-42542188832.

Serviço:

Curso – Design Thinking Bootcamp

Loca: Amcham Recife

Data: 15/02 (19h às 22h), 16/02 (9h às 20h) e 17/02 (9h às 20h)

Valor: R$ 519,00

Inscrições: https://www.eventbrite.com.br/e/design-thinking-bootcamp-registration-42542188832.