De passagem por Garanhuns, Marília Arraes se mostra preocupada com a malha rodoviária do agreste meridional

De passagem por Garanhuns ontem (05), onde participou de algumas entrevistas nas principais rádios da cidade, além de agradecer os mais de 11 mil votos conseguidos na região, a deputada federal, Marília Arraes (PT), mostrou-se bastante preocupada com a situação das estradas estaduais, as chamadas “PE’s”, que estão em situações extremas de buracos e má conservação.

“Se o governador vier até Lagoa do Ouro, certamente terá que vir de avião”, foi com essa frase que a parlamentar que exerce a vice-liderança do PT na câmara federal, classificou um dos piores acessos da região. Os acessos de Paranatama, Saloá e a ligação entre Capoeiras e São Bento do Una também foram citadas, mostrando que a neta de Arraes possui um conhecimento sobre a região.

Marília Arraes participa de audiência pública junto com outros deputados na cidade de Jupi, onde falará de quão danosa é essa reforma da previdência para o trabalhador e que isenta totalmente o patrão de contribuir com essa aposentadoria entre outros pontos negativos.

Marília reafirmou sua posição de oposição ao governo Paulo Câmara (PSB), disse que não concordou e nem concorda com a posição do PT no estado e que o Pernambucano mesmo reelegendo o atual governador foi as urnas desanimado e que o governo de Pernambuco só venceu a eleição por ter nacionalizado a campanha, aproveitando assim a popularidade de Lula.

Ainda destacou que em relação a eleição de 2014, Paulo Câmara (PSB) retrocedeu mais de 1 milhão de votos em 2018, mostrando sua fraca atuação à frente do governo, onde faz um mandato muito ruim para o povo pernambucano.

 

Wellington Freitas