Barragem do Jazigo transborda em Serra Talhada, no Sertão

Barragem do Jazigo, em Serra Talhada, sangrando - Foto: Reprodução / Farol de Noticias

A última vez que a barragem sangrou foi em abril em 2018, após ficar sete anos em colapso

Com a chegada do inverno, o Sertão vem sendo atingido, frequentemente, por fortes chuvas no período da noite. Devido as pancadas de chuvas, a barragem do Jazigo, em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, com capacidade para quase 15 milhões m³, transbordou após um ano.

A última vez que a barragem sangrou foi em abril em 2018, após ficar sete anos em colapso. A água da barragem é usada, exclusivamente, para a irrigação de lavouras e, mesmo que não chova mais, garante a subsistência até o fim deste ano.

Com as chuvas que caíram na cidade, todas as barragens receberam um volume total de água de 422 mm.

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) entende que o plantio de feijão já está garantido e o de milho depende do próximo ciclo chuvoso que termina no final de maio.

O município de Brejinho foi o mais atingido pelas chuvas até o momento na região, somando um total de 733 mm.

Paudalho

Uma comissão especial da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) vai conferir a situação da barragem da Bicopeba, que abastece o bairro de Guadalajara, em Paudalho, na Zona da Mata Norte, na próxima quinta-feira (23), após uma denúncia do Ministério Público de Pernambuco. A denúncia foi instaurada por meio da promotoria de Justiça da Comarca de Paudalho para verificar a segurança da barragem.

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) recomendou o esvaziamento total do reservatório. Cerca de 10 mil pessoas seriam impactadas pela medida.

O Ministério Público aponta para o risco da integridade física do equipamento após relatos de deslizamentos de parte das paredes da barragem.

 

Rádio Jornal