Alison condiciona chegada ao Santa Cruz a Givanildo: “Sujeito homem”

Jogador disse que não pensou duas vezes ao ser chamado para defender o clube pelo nome do Santa e amizade com treinador; zagueiro espera regularização para ser utilizado

Quarto reforço do Santa Cruz desde a chegada do técnico Givanildo Oliviera, o zagueiro Alison está no Arruda muito por conta do treinador. Os dois estiveram juntos no América-MG em 2015 e 2016, onde conquistaram o acesso para a Série A e o título do Campeonato Mineiro. Por conta disso, bastou uma ligação para que a negociação fosse concretizada em um dia.

– Estou aqui exclusivamente por ele, que é um cara profissional, correto e age sempre com honestidade. É um sujeito homem.

Alison revela que não pensou duas vezes antes de aceitar a proposta do Santa Cruz. Quando recebeu a ligação do preparador físico Wellington Vero, que trabalha com Giva há muito tempo, disse logo o sim.

– Tenho muita amizade com Wellington Vero. Estava em casa, com contrato com o Ituano, e ele perguntou se tinha possibilidade de vir. Eu disse que sim. Não se dá um não para uma pessoa que se gosta e para um clube como o Santa Cruz.