Ações de educação ambiental marcam programação do Dia Mundial da Água

Fotos: Aquilles Soares e Camila Queiroz — (Secom/PMG)

Atividades foram encerradas nesta sexta-feira (22), e tiveram a participação de escolas municipais e estaduais

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente (SDRMA), em parceria com a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), e com as Secretarias de Educação, e de Turismo e Cultura, realizou, ao longo desta semana atividades de educação ambiental, com a participação de alunos de escolas municipais e estaduais, em alusão ao Dia Mundial da Água, que é celebrado nesta sexta-feira (22).  As diversas ações promovidas tiveram o objetivo de despertar o desenvolvimento sustentável e a importância da conservação e preservação das nascentes municipais.

Nessa quarta-feira (20), mais de 40 alunos da Escola Municipal Governador Miguel Arraes de Alencar, participaram de uma ação na Sementeira Municipal de Garanhuns, localizada no Parque Municipal das Nascentes do Mundaú, na comunidade Várzea. Durante o momento, os estudantes puderam plantar mudas florestais, conhecer a nascente do Rio Mundaú e participar de uma roda de leitura do livro “Sabedoria das Águas”, do escritor Daniel Munduruku.

Além de promover o primeiro contato de muitos com o espaço, a atividade de conscientização também buscou envolver os alunos dentro do debate acerca da importância da preservação dos recursos hídricos e do meio ambiente. “Ainda não conhecia a sementeira, e foi muito legal vir para cá”, afirmou a estudante Ianny Sinara, do 5° ano.

Ontem (21), e hoje, data em que é comemorado o Dia Mundial da Água, o documentário “A Lei da Água (Novo Código Florestal)”, do diretor André D’Elia, foi exibido para os estudantes da Escola Municipal Professor Letácio de Brito e da  Escola Estadual Professor Jerônimo Gueiros, no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti. O filme esclarece sobre as mudanças promovidas pelo novo Código Florestal, bem como a sua elaboração e implantação.

Dia Mundial da Água — Criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 22 de março de 1992. A data, celebrada anualmente, também é marcada pelo debate sobre diversos temas relacionados ao desenvolvimento sustentável e a preservação dos recursos hídricos.